segunda-feira, 12 de abril de 2010

ORANDO PELA EVANGELIZAÇÃO


Disse Jesus: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Portanto, peçam ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita” (Lucas 10.2).

FIÉIS EM ORAÇÃO

A história do cristianismo e seu crescimento em toda a terra passou por momentos bons e momentos ruins. Durante o século passado, a fé caminhava em ritmo lento, com pouco impacto entre os povos da terra. E o vazio criado durante esta época foi preenchido pelo humanismo, marxismo, filosofias e por temores de todos os lados. Mas, nestes últimos anos. Deus tem avivado a sua obra, levantando homens e mulheres, de todas as idades, de todas as camadas sociais e em quase todos os países como pregadores da Palavra de Deus. Essas pessoas se colocaram para serem instrumentos de Deus, obedecendo a sua ordem, para evangelizar e ensinar a outros a fazerem o mesmo. Essas pessoas entenderam que o seu tempo, dinheiro e etc., são exclusivamente para a glória de Deus. Por isso a todos os momentos estão preparados para pregarem o evangelho. Algumas vezes, elas são confrontadas com muito desprezo, às vezes são expostas ao ridículo e aos comentários debochados, mas elas não se deixam abalar, pois, estão firmes no seu propósito, vendo como resultado, pessoas aos milhares, se entregando a Jesus Cristo. Essas pessoas precisam da sua ajuda, assim como você precisa da ajuda delas. A Bíblia nos ensina que para levarmos o Evangelho de Jesus Cristo ao mundo, precisamos de um sustento forte de oração “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Portanto, peçam ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita” (Lucas 10.2). Podemos observar no texto bíblico, que o Senhor Jesus disse que pelo o número insuficiente de obreiros precisaríamos fazer uma oração específica para que Deus enviasse mais obreiros para a sua seara. O Livro de Atos dos Apóstolos mostra os discípulos seguindo essa orientação do Senhor. Podemos observar que o derramamento do Espírito Santo foi precedido de prática de orações “Todos eles se reuniam sempre em oração...” (Atos 1.14). Era em oração que os novos convertidos ficavam se dedicando para poderem ver muitas pessoas se convertendo “Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações” (Atos 2.42).

Todos os avivamentos através dos anos têm sido precedidos e sustentados por homens e mulheres fiéis, que têm orado e intercedido intensa e demoradamente, por um genuíno despertamento da fé no Senhor Jesus Cristo. Em resumo, sem oração nós nunca poderemos sustentar o esforço evangelistico necessário para salvar o mundo.

ORANDO UNS PELOS OS OUTROS

 Em nossos dias na igreja, homens e mulheres como os discípulos de outrora, estão confiando em Deus para usá-los em levar outros para uma fé salvadora em Jesus Cristo, eles fazem parte de um exército poderoso de crentes por todo o mundo, que estão trabalhando para cumprir a grande comissão, compartilhando a sua fé em Cristo, como parte de suas vidas no dia a dia. Como o próprio apóstolo Paulo precisava de orações que o sustentasse na obra de Deus “... Nele [Deus] temos colocado a nossa esperança de que continuará a livrar-nos, enquanto vocês nos ajudam com as suas orações” (2Coríntios 1.11); “Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso” (Colosensses 4.3), estes homens e mulheres também precisam desesperadamente do seu sustento em oração “... perseverem na oração por todos os santos” (Efésios 6.18). Pratique orações todos os dias na sua casa, em cada momento que Deus te fizer lembrar deles, e em grupos reunidos com o propósito de fazer orações “Orem continuamente” (1Tessalonissenses 5.17). Todos nós precisamos fazer parte desse exército de intercessores, cujas súplicas e petições proverão uma base sólida para o esforço evangelístico que está caminhando em qualquer lugar do mundo. Vejamos a oração dos primeiros discípulos:

“Ó Soberano, Tu fizeste os céus, a terra, o mar e tudo o que neles há! Tu falaste pelo Espírito Santo por boca do teu servo, nosso pai Davi: ‘Por que se enfurecem as nações, e os povos conspiram em vão? Os reis da terra se levantam, e os governantes se reúnem contra o Senhor e contra o seu ungido’.
De fato, Herodes e Pôncio Pilatos reuniram-se com os gentios e com o povo de Israel nesta cidade, para conspirar contra o teu santo servo Jesus, a quem ungiste. Fizeram com que o teu poder e a tua vontade haviam decidido de antemão que acontecesse. Agora, Senhor, considera as ameaças deles e capacita os teus servos para anunciarem a tua palavra corajosamente. Estende a tua mão para curar e realizar sinais e maravilhas por meio do nome de teu santo servo Jesus.
Depois de orarem, tremeu o lugar em que estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam corajosamente a palavra de Deus ” (Atos 4.24b-31).

Nós precisamos crer que Deus honrará as orações que fizermos para sustentar os esforços evangelísticos de milhares de pessoas, seja de uma pessoa, de uma igreja ou um grupo missionário.

A PALAVRA DE DEUS

A palavra de Deus nos assegura que nossas orações não serão em vão, veja:

 Jesus ensina que a oração com fé produz resultados “E tudo o que pedirem em oração, vocês receberão” (Mateus 21.22).

 Jesus nos mostra que há grande poder na oração persistente; Ver em Lucas 18.1-7 (A parábola da viúva persistente).

 O apóstolo Paulo ensinou que a oração dará confiança às testemunhas a pregarem o Evangelho “Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos; Orem também por mim, para que quando eu falar, seja me dada á mensagem a fim de que, destemidamente, torne conhecido o mistério do evangelho” (Efésios 6.18-19).

 O Apóstolo Tiago falou do poder que vem através da oração do justo “... A oração de um justo é poderosa e eficaz” (Tiago 5.16).

Há muitas outras promessas que nos asseguram que as nossas orações têm poder para mudar o mundo. Sem oração não há uma evangelização eficaz.

SEU COMPROMISSO DE ORAÇÃO (SUGESTÕES)

 Ore pela conversão de sua família e de sua parentela;
 Ore para que Deus envie obreiros para a colheita espiritual;
 Ore para que se abram portas, para a pregação do Evangelho entre os povos não alcançados;
 Ore pelo seu bairro, cidade, estado e nação;
 Ore por todas as nações, povos e tribos do mundo que ainda não foram alcançadas pelo evangelho;
 Ore pelo avivamento evangelístico e missionário nas igrejas;
 Ore para que Deus lhe dê ousadia para que você possa proclamar o Evangelho.

A PROMESSA DE DEUS
 
 Precisamos crer que Deus ouvirá as nossas orações se nós, nos colocarmos neste propósito. “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e sararei sua terra” (2Crônicas 7.14). Deus deseja fazer coisas grandes e maravilhosas através de seu povo. Ele conta conosco nos chamando para evangelizar e orar, nos prometendo que será feito “Também lhes digo se dois de vocês concordarem na terra em qualquer assunto sobre o qual pedirem, isso lhe será feito por meu Pai que está nos céus. Pois onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali Eu estou no meio deles” (Mateus 18.19, 20).

Nenhum comentário:

Postar um comentário